Itabatã: Moradora das Casinhas e vítima de Fake News pede ajuda para reconstruir o telhado de sua casa.

No dia 24 de outubro passado a moradora Andreia Santos Marinho da Rua A, 23 nas Casinhas aqui em Itabatã havia saído de casa e por volta das 22 horas recebeu a noticia que a sua residencia estava pegando fogo. Imediatamente ela voltou para casa e confirmou a veracidade da informação. No incêndio Andreia perdeu vários documentos e o telhado da sua casa foi totalmente destruído, impossibilitando-a de continuar na casa e precisar da ajuda de amigos e parentes para ter onde ficar.

Mas como dizem nos dias atuais, não há nada que não esteja ruim que não possa piorar. E pra piorar a situação de Andreia algumas pessoas irresponsáveis soltaram um Fake News falando varias inverdades sobre o incêndio na casa de Andreia. E a mais grave e que mais repercutiu nas redes foi que Andreia havia incendiado a própria casa por que havia brigado com o namorado e que ela também havia decepado o pênis do namorado.

Na época Andreia divulgou um vídeo desmentindo o Fake News e eu Carlito Teixeira entrei em contato com a Delegacia para saber se alguém havia procurado a unidade para registrar uma ocorrência desse tipo e procurei também a direção do Hospital São José para saber se alguém havia dado entrada na unidade hospitalar com esse tipo de lesão e em ambos os casos a resposta foi negativa. Na época nós pedimos ajuda para Andreia reconstruir o telhado da casa dela e muita gente disse que não iria ajudá-la por causa do que ela havia feito ao namorado.

Retornei a casa de Andreia e ela está morando na casa de outra pessoa porque até agora a sua casa continua sem telhado.

Ela está precisando de ajuda e para ficar mais barato ela pretende cobrir sua casa com telhão. Pois comprar madeira para refazer o telhado como era antes vai ficar muito caro.

Aqueles que quiserem e puderem ajudar a Andreia o seu telefone é (73) 99948 8976 que também é Pix. VAMOS AJUDAR

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *