“Homem-Aranha” condenado por três homicídios com ocultação de cadáveres, em Caratinga, é preso em Mucuri


Foto: Redação FM NEWS

Geraldo Marcelino Moreira, mais conhecido como “Homem-Aranha” de 53 anos, foi preso nesta sexta-feira, 01 de abril, na cidade de Mucuri. “Homem-Aranha” foi condenado a 75 anos de prisão por ter cometido três homicídios com ocultação de cadáveres, no município de Caratinga/MG, no ano de 2002, dois desses crimes só foram descobertos em 2005.

Segundo a FM News, a operação envolveu as policias do estado da Bahia e Minas Gerais, tendo o delegado Dr. Luiz Eduardo Moura Gomes e dois investigadores (Breder e Marcio), da policia de Minas Gerais, o delegado Dr. Samuel Martins responsável pela comarca de Mucuri, o investigador Sergio Leal e o assistente Neto.

A polícia civil alerta os proprietários de Pousadas e Hotéis para que solicitem sempre a identificação dos hóspedes, pois o foragido havia se deslocado para o estado Rio de Janeiro, onde ficou por mais de 06 meses em pousadas, depois seguiu para o estado da Bahia, onde localizou Mucuri, pela internet e posteriormente hospedou-se em uma pousada local, a policia estava rastreando os passos do foragido e vieram em operação conjunta entre as polícias de Minas Gerais e Bahia efetuar a prisão do homicida.

Ele estava foragido desde 1º de julho de 2021 do presídio de Governador Valadares, quando saiu de forma temporária para ser submetido a uma cirurgia.

Comentários