Criticada por Bolsonaro, Ivete Sangalo não tem projetos na Lei Rouanet

Dois projetos antigos da cantora estão inativos e nenhum deles arrecadou nada

O presidente Jair Bolsonaro criticou a cantora baiana Ivete Sangalo na quarta-feira (5), logo após ter alta médica de uma internação por conta de obstrução intestinal. Ele afirmou que a artista estaria chateada porque “acabou aquela teta gorda deles, de pegar até R$ 10 milhões da Lei Rouanet”. Um levantamento mostra que Ivete não teve nenhum projeto aprovado pelo programa.

O portal Versalic, que mostra os apoios de lei de incentivo à cultura, tem apenas dois projetos com nome de Ivete, nenhum dos dois ativos. 

Um deles, de 2016, era para um evento beneficente na Arena Fonte Nova, em Salvador, ao lado da Orquestra Juvenil da Bahia. Na proposta, foi pedido o valor de R$ 1.594.850,00 para captação e foi aprovado R$ 1.301.725,00. No entanto, não foram captados nenhum valor.

Outro projeto, de 2017, era para desenvolvimento de um filme. Sem se enquadrar nos termos da lei, não tem sequer o valor da proposta revelado.

A cantora ainda não se manifestou publicamente sobre o assunto.

Vídeo viralizou
Em um vídeo, Ivete aparece dançando aos gritos de “Ei Bolsonaro, vai tomar no cu” durante um show em Natal, capital do Rio Grande do Norte, na última semana. Em certo momento, ela incentiva os fãs a gritarem mais alto com provocações como “não ouvi” e “está baixinho”.

Bolsonaro reagiu ontem. “Estamos mexendo na Lei Rouanet. Quando entrei no governo, o limite para artistas era de R$ 10 milhões por ano. Eu passei imediatamente para R$ 1 milhão. Conversando com o Mario Frias agora e vamos passar, nos próximos dias, para R$ 500 mil. Queremos atender aquele artista que está começando a carreira, e não figurões ou figuronas como a querida Ivete Sangalo”, disparou o chefe do Executivo federal.

“Ela [Ivete Sangalo] está chateada, o Zé de Abreu está chateado porque acabou aquela teta gorda deles de pegar até R$ 10 milhões da Lei Rouanet e defender o presidente de plantão. Não quero que me defendam, quero que falem a verdade ao meu respeito. Fizemos muita coisa”, declarou.

Fonte: Correio24horas

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *