Trabalho online pode ser alternativa para quem está sem renda; veja áreas em alta

Levantamento mostra grande demanda de trabalhos em áreas como design, tecnologia, marketing e audiovisual.

Por Marta Cavallini, G1

A pandemia trouxe o isolamento social, a queda na atividade econômica e o aumento do desemprego. Assim, a busca por empregos para trabalhar online se tornou uma alternativa de renda em meio às incertezas no mercado de trabalho tradicional e à necessidade de se proteger da Covid-19.

“Vale a pena considerar os trabalhos pela internet como uma fonte de renda extra, uma forma de flexibilizar a rotina de trabalho ou até mesmo buscar um novo rumo para a carreira profissional”, defende Adeel Qayum, estrategista de conteúdo e de marketing.

Ele alerta que a procura pelas vagas de trabalho online deve ser feita em sites e plataforma confiáveis. A pesquisa envolve buscar a reputação das empresas e os resultados que elas costumam trazer para os profissionais. Qayum sugere ainda 17 áreas com tendência de alta na demanda por trabalhos online (veja mais abaixo).

Veja direitos dos trabalhadores temporários e freelancers

00:00/03:09

Veja direitos dos trabalhadores temporários e freelancers

G1 entrou em contato com algumas das principais plataformas que fazem a intermediação na contratação de serviços de profissionais para saber as áreas que mais estão demandando trabalho online durante a pandemia. Veja abaixo:

GetNinjas

Aula virtual de violão é um dos trabalhos que se mostra em alta — Foto: Reprodução/TV Integração

Aula virtual de violão é um dos trabalhos que se mostra em alta — Foto: Reprodução/TV Integração

Levantamento do aplicativo de contratação de serviços GetNinjas mostra o impacto da Covid-19 na demanda por serviços online no país. O relatório é baseado nos mais de 500 tipos de serviços que são realizados pelos mais de 1,5 milhão de profissionais autônomos.

“Por conta da pandemia, as pessoas tiveram que alterar suas rotinas e a contratação de serviços online se tornou a única opção viável para muitas famílias. Do outro lado, temos o prestador de serviços que, impossibilitado de sair de casa para trabalhar, consegue manter a renda familiar ao se adaptar para o trabalho remoto. Como agora diversas profissões e serviços migraram para o universo online, procuramos expandir o leque de serviços remotos para atender as necessidades do mercado” explica Eduardo L’Hotellier, fundador e CEO do GetNinjas.

Por causa da Covid-19, o GetNinjas dobrou a oferta de serviços que podem ser feitos online, aumentando as opções de trabalho para os profissionais. Entre os serviços incluídos estão adestramento de cães, aula de confeitaria, consulta psicológica, aula de tricô, consulta de fisioterapia, aula de dança, aulas voltadas para alunos com autismo, déficit de atenção, dislexia e hiperatividade, serviços de tradução de novos idiomas, como persa, finlandês e armênio.

Veja as áreas com maior aumento de trabalho:

Design e Tecnologia

A categoria teve aumento de 34% na demanda em todo o Brasil entre os dias 14 e 20 de junho em comparação com os dias 8 e 14 de março. Os serviços mais procurados são:

  • Desenvolvimento de sites e sistemas: 67%
  • Áudio e vídeo: 56%
  • Animação Motion: 38%
  • Marketing online: 37%
  • Aplicativos para celular e redes socias: 36%
  • Ilustração: 34%

Consultoria

A categoria apresentou aumento de 26% na demanda em todo o Brasil entre os dias 14 e 20 de junho em comparação com os dias 8 e 14 de março. O serviço mais procurado foi:

  • Advogados: 68%

O aplicativo identificou, ainda, que 70% das solicitações são relacionadas à Vara da Família, sendo a maior parte dos pedidos relacionados a divórcio (47%) e pensão alimentícia (20%).

Bem-Estar

A categoria teve aumento de 22% na demanda em todo o Brasil entre os dias 17 a 23 de maio, semana com maior pico de solicitações até o momento, em comparação com os dias 8 a 14 de março. Os serviços mais procurados categoria são:

  • Psicólogos: 50%
  • Nutricionistas: 9%

Aulas

A categoria registrou aumento de 17% entre os dias 14 de junho a 20 de junho em comparação a 8 a 14 de março, após longo período de queda. Os serviços que mais apresentaram procura foram:

  • Aulas de Música (São Paulo): 30%
  • Aulas de Idioma (Brasil): 35%
  • Aulas de Música (Brasil): 30%
  • Aulas de Luta (Brasil): 7%

Ainda de acordo com o GetNinjas, as aulas de música mais procuradas pelos clientes no aplicativo são para canto, violão, teclado, piano e violino.

Workana

Área de finanças se desponta na procura por profissionais freelancers — Foto: Divulgação/PortalIbre

Área de finanças se desponta na procura por profissionais freelancers — Foto: Divulgação/PortalIbre

No início da pandemia houve uma retração na busca por freelancers, segundo a Workana, plataforma que conecta freelancers a empresas, devido às incertezas do impacto nos negócios. Já no mês seguinte, as contratações voltaram a aumentar. Mas foi em maio que ocorreu um recorde de projetos publicados por empresas. Todas as áreas cresceram em relação a fevereiro, mês anterior à pandemia, principalmente as que lideram o ranking de contratações: TI & Programação e Design & Multimídia.

Além destas áreas, há tendência de crescimento de Engenharia e Manufatura (69,02%) e Finanças e Administração (49,72%), áreas mais tradicionais das empresas em que a contratação de freelancers ainda não é comum, mas que começaram a despontar no início de 2020 e cresceram ainda mais na pandemia.

O country manager da Workana no Brasil, Daniel Schwebel, acredita que o crescimento na contratação de freelancers de áreas mais tradicionais mostra uma tendência de crescimento do mercado freelance e sua popularização em empresas de diferentes tamanhos e setores.

Veja áreas com maior crescimento de procura por projetos em maio em comparação a fevereiro:

  • Design & Multimídia: 35,27%
  • Engenharia & Manufatura: 69,02%
  • Finanças & Administração: 49,72%
  • TI & Programação: 39,70%
  • Legal: 19,39%
  • Marketing & Vendas: 37,33%
  • Tradução & Conteúdos: 46,05%

Crescimento mensal na procura de freelancers:

  • Março: -5,93%
  • Abril: 12,12%
  • Maio: 31,69%
  • Crescimento de maio comparado a fevereiro: 38,90%

99Freelas

Fotografia & Audiovisual é uma área com grande demanda de trabalho online — Foto: Reprodução/RPC

Fotografia & Audiovisual é uma área com grande demanda de trabalho online — Foto: Reprodução/RPC

No site 99Freelas, há maior demanda para áreas como Fotografia & Audiovisual, Vendas & Marketing e Web, Mobile & Software. A procura por profissionais desses setores já era grande antes da pandemia e deve aumentar ainda mais, prevê Wilker Iceri, fundador e CEO do site.

Para quem ainda não tem uma especialidade e quer se aprofundar mais em alguma área, ele recomenda investir em Web & Mobile (Desenvolvimento ou UI/UX/Design) e edição e criação de vídeos. “São áreas que irão crescer ainda mais no futuro e que não existe tantos profissionais capacitados para atender a demanda”, afirma.

Categorias com maior crescimento na demanda de projetos durante a pandemia:

Fotografia & Audiovisual: 31,38%

  • Locução & Narração: 75,76%
  • Fotografia: 38,46%
  • Edição e Criação de Vídeo: 32,49%

Vendas & Marketing: 29,57%

  • Gestão de Mídias Sociais: 99,20%
  • SEO: 28%
  • Marketing Digital: 21,65%

Web, Mobile & Software: 22,89%

  • Web & Mobile Design: 57,40%
  • Desenvolvimento de Software: 29,23
  • Desenvolvimento Web: 23,65%

Categorias com maior número de projetos publicados nos últimos meses:

Web, Mobile & Software

  • Desenvolvimento Web
  • Desenvolvimento Mobile
  • Web & Mobile Design

Design & Criação

  • Design Gráfico
  • Logotipos
  • Ilustração

Escrita

  • Redação
  • Escrita Criativa
  • Copywriting

Fotografia & Audiovisual

  • Edição e Criação de Vídeo
  • Locução e Narração
  • Fotografia

Trampos.co

Área de tecnologia demanda profissionais de forma remota — Foto: StartupStockPhotos/ Pixabay

Área de tecnologia demanda profissionais de forma remota — Foto: StartupStockPhotos/ Pixabay

De acordo com a plataforma de recrutamento Trampos.co, as áreas de atendimento e tecnologia apresentaram o maior crescimento de procura por trabalho online entre maio e junho:

  • Atendimento: 260% (atendimento publicitário)
  • Tecnologia: 143% (desenvolvedor front-end e desenvolvedor back-end)
  • Criação: 76%
  • Mídia: 56%
  • Jornalismo: 33% (conteúdo e social media)
  • Social Media: 26%

Áreas indicadas para trabalho online

Adeel Qayum indica 17 áreas com tendência de alta para quem quer fazer trabalhos online:

1. Social media manager/administrador de redes sociais

Para quem tem alguma experiência com criação e gerenciamento de campanhas de publicidade nas redes sociais, o trabalho online de social media manager (administrador de redes sociais) pode ser uma boa opção. A função principal é ajudar outras marcas e empresas a anunciarem seus produtos via Instagram, Facebook, Twitter e outras plataformas sociais. Também é preciso monitorar e gerenciar os comentários dos seguidores da marca, expandir o alcance orgânico das publicações e aumentar o engajamento dos seguidores. Experiência em marketing e redes sociais e familiaridade com memes, GIFs e outros conteúdos em alta ajudam o candidato a conseguir trabalhos na área.

2. Professor particular

O trabalho de professor particular pode ser uma alternativa para quem é especialista em alguma área específica e consegue traduzir os conteúdos de uma disciplina para o formato de aulas. No entanto, a maioria das plataformas de empregos solicita que os professores tenham ao menos diplomas de licenciatura ou bacharelado na disciplina que desejam ensinar.

3. Personal trainer

A pandemia fez muita gente perceber que dá para adaptar os mais diversos nichos e atividades para o mundo virtual, e as atividades físicas também entraram nessa roda. Quem tem um bom conhecimento sobre educação física e já faz exercícios regularmente pode encontrar alternativas na área em plataformas e sites do nicho fitness. Nesses espaços, é possível treinar turmas inteiras via Zoom ou Skype, criar um plano de exercícios privado para grupos menores de clientes ou montar uma sessão de vídeos que pode ser vendida sob demanda.

4. Assistente virtual

O assistente virtual deve ser organizado, resolver problemas imediatos e contornar situações inesperadas do dia a dia. Trabalhar como assistente virtual também significa realizar tarefas das mais variadas: responder e-mails urgentes, agendar reuniões, resolver problemas técnicos, realizar atendimento ao cliente, criar conteúdo, enviar e-mails, fazer processamento de pedidos e manutenção de redes sociais. É uma oportunidade de construir uma carreira dentro do comércio virtual.

5. Profissional de recrutamento

Até pouco tempo atrás, o profissional de recrutamento, assim como o personal trainer, parecia um tipo de vaga impensável para o trabalho online. Mas isso ficou no passado. O profissional de recrutamento é responsável por publicar novas vagas de emprego em plataformas online como o LinkedIn e avaliar os candidatos em busca dos profissionais mais qualificados. Em alguns casos, o profissional de recrutamento também é responsável por fazer a avaliação inicial dos candidatos via telefone ou reunião por vídeo.

6. Especialista em e-mail marketing

Quando o assunto é trabalho remunerado pela internet, as melhores vagas costumam estar dentro da área de marketing digital. Quem já tem experiência com o gerenciamento de campanhas de marketing e sabe como criar conteúdos escritos que gerem engajamento (como e-mails e newsletters, por exemplo) pode oferecer esses serviços para empresas e marcas que estão tendo dificuldades para expandir suas presenças online.

7. Escritor freelancer/copywriter

Escritores e copywriters que trabalhem dentro do regime freelancer são demandas constantes no mercado de trabalhos pela internet, especialmente porque um número cada vez maior de marcas e empresas vem criando conteúdos originais para blogs e outras redes sociais. Além da alta demanda, a remuneração de um trabalho online desse ramo pode ser bem alta, especialmente se for oferecido um texto de qualidade.

8. Revisor

Quem tem habilidade para localizar erros de gramática e arrumar frases ou textos que apresentem uma linguagem confusa ou prolixa encontra no trabalho online de revisor uma oportunidade.

9. Designer de sites

Designer — Foto: Pexels

Designer — Foto: Pexels

O design é uma área com inúmeras oportunidades para trabalhar online. Quem possuir o conhecimento técnico necessário e o talento para criar páginas e sites consegue construir uma carreira de sucesso.

10. Transcritor

A transcrição é uma área na qual trabalhar via internet é natural. O trabalho consiste em ouvir gravações de áudio e colocar por escrito tudo o que foi dito. Outras habilidades necessárias são ser minucioso e digitar rápido para não perder nada do conteúdo e entregar o produto final dentro do prazo.

11. Analista de SEO

O trabalho de analista de SEO se transformou num dos trabalhos pela internet com maior demanda nos últimos tempos. Para trabalhar nessa área, é preciso ter bom conhecimento sobre o tema e otimizar os conteúdos com as palavras-chave que compõem a estratégia base de SEO.

12. Especialista em Facebook Ads

Há uma demanda constante por especialistas de marketing que tenham conhecimento especializado sobre o Facebook. É possível trabalhar online com diversas marcas na criação de novas campanhas para aumentar as vendas de um e-commerce.

13. Profissional de suporte e atendimento ao cliente

Para quem tem a habilidade para lidar com pessoas e proativo na hora de resolver problemas, o trabalho online em um canal de atendimento ao cliente pode ser uma boa forma de ganhar dinheiro. É possível trabalhar via chat online ou chamadas de voz.

14. Designer gráfico

Quem tem experiência na área de design, mas quer passar longe dos trabalhos pela internet que envolvam a criação de sites, pode trabalhar como designer gráfico, ajudando empresas dos mais diversos nichos com designs para e-mails, logotipos e outros elementos da identidade visual da marca. Uma outra opção é oferecer um pacote fechado de serviços ou então um trabalho online mais longo – por exemplo, uma consultoria em branding.

15. Dublador

Quem tem uma voz única e sabe imitar diversos sotaques, tons e velocidades de fala pode dublar séries, animações, vídeos empresariais, comerciais, tutoriais, anúncios para podcast. Para que esse trabalho online dê bons resultados, é preciso ter algum tipo de formação na área, além de uma boa conexão com a internet e um software de gravação profissional.

16. Testagem de sites

Para fazer a testagem de sites, é preciso seguir o roteiro de navegação fornecido pela empresa ou marca e ir respondendo às questões relevantes durante o processo. Em alguns casos, pode ser necessário fazer um vídeo explicando como foi a experiência de navegação.

17. Moderador de conteúdos

O trabalho de moderação de conteúdos envolve avaliar interações e postagens em fóruns, redes sociais e outros sites nos quais usuários diversos podem fazer publicações próprias. Parte das obrigações é responder ou resolver interações violentas e de caráter negativo, categorizar as sinalizações de spam e determinar se os conteúdos postados seguem ou não as diretrizes do site.

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *