Posto da Mata: Acusado de matar engenheiro em Vitória morre em confronto com a CAEMA

O acusado de matar o engenheiro da Petrobrás, Otaviano Gomes Filho, em março de 2009, na Praia de Camburi, em Vitória-ES, Émerson Nogueira Batista, morreu em confronto com policiais da CIPE/MA-CAEMA, na tarde desta quarta-feira, 10 de junho, na Areia Branca em Posto da Mata, distrito de Nova Viçosa.

Émerson era morador de Posto da Mata e tinha duas condenações por crime de mando contra o engenheiro Otaviano, crime encomendado por Marilene Santos de Souza, ex moradora de Teixeira de Freitas.

Na época as investigações apontaram que  a acusada teria contratado Erivaldo Silva dos Santos, o Sula, para participar do homicídio. Sula teria contratado outra pessoa, Edmílson Monteiro, o Jorge, para conseguir um pistoleiro. Este último teria chegado ao vaqueiro Émerson Nogueira Batista e o contratado para matar o engenheiro.

Émerson também era acusado de ter matado o comerciário João Severino Firmino, o “Dão”, com um tiro de escopeta, enquanto estava ao volante de uma Caminhonete Fiat/Strada, cor Prata, de Placas JQI-6935, de Nova Vem 17 de abril de 2009, na altura do Km 05 da Rodovia BR-101, em território do município de Pedro Canário. 

A CAEMA não deu informações sobre a ação que terminou com a morte do acusado de matar o engenheiro da Petrobrás e o comerciário de Nova Viçosa. O acusado que usava uma tornozeleira eletrônica chegou a ser socorrido para o Hospital de Posto da Mata, mas não resistiu aos ferimentos.

Fonte: Bahia Extremo Sul

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *