Não sou um monstro, diz carta de milionário baiano encontrado morto

O empresário Eugenildo Almeida Nunes, popularmente conhecido como “Genildo” foi encontrado morto na manhã deste sábado (3), na sua casa em Ubatã na Bahia.

Genildo era um empresário com investimentos em setores como material de construção, postos de combustível, gado, fazendas, hotéis e mercado financeiro. Segundo investigações do MP-BA, ele fazia promessas e oferecia dinheiro, presentes, e até mesmo casa e emprego para a família, em troca de favores sexuais. O empresário também estava sendo acusado de usar o poder econômico na região de Ubatã para inibir que vítimas e testemunhas o denunciassem.

Genildo estava com pedido de prisão em aberto e foi alvo da Operação Cilada deflagrada na última terça feira (30) que envolveu a Polícia Civil, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público (MPBA), no município de Ubatã, no sul da Bahia, nesta terça-feira (30), que investigava crimes de estupros em Ubatã. 

Na casa do suspeito foram apreendidos dois revólveres calibres 38, uma espingarda calibre 12, uma pistola, munições, aparelhos eletrônicos e produtos eróticos. Equipes do Departamento de Polícia do Interior (Depin), da Polícia Civil, e do Gaeco investigam o caso desde novembro de 2020.

Conforme apurado, Genildo se aproveitava da posição social para explorar sexualmente garotas de famílias em situação de vulnerabilidade social. Ele fazia promessas, oferecendo dinheiro, presentes, imóveis e emprego para as vítimas. 

Ainda de acordo com as investigações, o empresário cometeu os abusos durante dois anos, quando as garotas tinham 13 e 15 anos. O empresário ameaçava matar as vítimas e o pai delas, caso fizessem algum tipo de denúncia.

Genildo já era considerado fugitivo da polícia e na manhã deste sábado (03), seu corpo foi encontrado no interior de sua residência com uma arma ao lado e uma carta aonde dizia que não era um monstro.

Carta deixada pelo empresário;

Carta e foto- Redes sociais.

Comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *